As Filhas da Rua

Nas ruas de Lisboa, escondem-se, em plena vista de quem passa, um grupo de mulheres cuja reputação é considerada pela maioria como questionável. Pouco se fala sobre estas mulheres, mas muito é dito sobre elas. Queremos ir mais além das más-línguas; queremos saber as suas histórias e os motivos que as levaram a recorrer à prostituição. Para tal, recorremos à informação disponibilizada pela associação O Ninho, cujo objetivo é retirar as mulheres da profissão e reinseri-las na sociedade.

Presas na servidão da prostituição mulheres e
crianças aguardam a sua libertação.
Este combate é tão necessário quanto a luta
contra o racismo e o tráfico de estupefacientes.
Deve ser levada a cabo pela comunidade
internacional com a mesma eficácia e
persev
erança “
Jean Fernand Laurent, ONU, 1983



Em que consiste a prostituição?

  • É a troca consciente de favores sexuais por dinheiro
  • É praticada maioritariamente por mulheres, que são chamadas de prostitutas ou, mais recentemente “profissionais do sexo”
  • A sua legalidade varia consoante os lugares
  • Não é ilegal em Portugal por si só (nem as pessoas que se prostituem nem os clientes são alvos de penas), mas
    recolha de lucros pela atividade por terceiros é ilegal

Qual a ação do Ninho?

  • Informa a população em geral da problemática da prostituição, incluindo as suas causas e consequências
  • Disponibiliza apoio àqueles que desejam abandonar a atividade por meio de apoios financeiros, cursos profissionais, protocolos com autarquias, etc…
  • Denuncia as desigualdades de oportunidades e injustiças sociais que causam a prostituição
  • Combate a mentalidade vigente face à prostituição
  • Sensibiliza os poderes públicos em torno da causa

Submit a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.